A presença destes alunos, acompanhados de uma professora, realizou-se no âmbito do protocolo assinado em Moscovo em Novembro de 2015 entre a Madeira Multilingual School e aquela escola da capital russa.
Durante 15 dias os jovens estudantes russos cumpriram um programa que incluiu a frequência das aulas, nas diferentes disciplinas, no campus da APEL-MMS, momentos de convívio entre os alunos de ambas as escolas, e nos tempos livres e aos fins-de-semana um programa turístico-cultural que os levou à descoberta das belezas naturais da ilha da Madeira e outras atracões turísticas onde se incluíram vistas a museus e monumentos e degustação da gastronomia tradicional madeirense.
No último dia da presença daqueles jovens e professora russos na Madeira realizou-se um convívio no qual participaram as diversas turmas de alunos e professores da Madeira Multilingual School e que constituiu a “festa” de despedida.
Na ocasião Darya Yushina, a professora que liderou a comitiva russa, “agradeceu a colaboração de todos e o quanto foi agradável e proveitoso este intercâmbio, tendo os alunos tomado conhecimento com uma realidade diferente da sua e aprendido coisas novas, regressando a Moscovo muito satisfeitos, levando os colegas madeirenses e a bela ilha da Madeira no coração”.
Durante este convívio, alunos, professores, dirigentes e outros elementos do staff da Madeira Multilingual School tiveram oportunidade de ficar a conhecer um pouco mais a Escola “Peter the Great”, através de uma apresentação, com recurso a meios audiovisuais, feita pelos alunos e pela professora, seguindo-se uma troca de lembranças em que a comitiva russa distribuiu pelos presentes doces tradicionais e alguns objetos de artesanato da Rússia, tendo ofertado à direcção da Madeira Multilingual School as tradicionais matrioskas russas, livros e outras lembranças, recebendo em troca lembranças da Madeira e da própria escola.
Para a Diretora Geral da Madeira Multilingual School, Filipa Ferreira, “o balanço deste primeiro intercâmbio com estudantes russos é muito positivo, correu muito bem, a interação entre eles e os nossos alunos foi muita boa, houve aprendizagem de parte a parte e foi importante para eles tomarem conhecimento de um modelo de ensino bastante diferente do seu, bem como da nossa ilha e da nossa cultura”, acrescentando que “foi um prazer para nós recebermos estes jovens e ficamos à espera de novos grupos no âmbito do protocolo estabelecido entre as duas escolas.”
Para o próximo mês de julho está prevista a chegada de mais uma comitiva de estudantes e professores russos no âmbito dos protocolos assinados entre a Madeira Multilingual School e outras instituições de ensino daquele país, bem como a deslocação de estudantes e professores madeirenses a Moscovo a breve prazo.