As escolas MMS e APEL estão reunidas para oferecer uma educação internacional com uma filosofia comum, moderna e uma comunidade de alta qualidade que é importante para os alunos, sendo neste momento candidatas ao International Baccalaureate (IB)*. A MADEIRA Multilingual School está já reconhecida como candidata IB para o Primary Years Programme (PYP) e Middle Years Programme (MYP). A APEL Multilingual School está reconhecida como escola candidata a IB para o Diploma Programme (DP).

*Somente as escolas autorizadas pela IB Organization podem ter na sua oferta formativa qualquer um dos seus três programas académicos: o Primmary Years Programme (PYP), o Middle Years Programme (MYP), ou o Diploma Programme (e adicionalmente o Certificado IB). O estatuto de candidato não garante autorização.

O International Baccalaureate (IB), líder no campo da educação internacional, é uma fundação educacional sem fins lucrativos focada no estudante, fundada em 1968 em Genebra, na Suíça. É dirigida por um conselho composto por 16 membros e financiada pelas propinas das Escolas IB em todo o mundo. Os programas IB para estudantes entre os 3 e os 19 anos desenvolvem intelectualmente, pessoalmente, emocionalmente dotando de habilitações sociais para viver e trabalhar rapidamente num mundo global.

O IB oferece quatro programas de educação internacional concebidos em etapas de progressão da aprendizagem:

- O PYP, Primary Years Programme, para os alunos dos 3 aos 11 anos de idade, implementado em 1997 que se centra no desenvolvimento de toda a criança na sala de aula e no mundo exterior;

- O MYP, Middle Years Programme, para os alunos de idade compreendida entre os 11 e os 16, implementado em 1994 que fornece um quadro de desafios e habilidades essenciais para a vida académica;

- O DP, Diploma Programme, para os alunos dos 16 aos 19 anos de idade, implementado em 1969 que leva a uma qualificação reconhecida pelas principais universidades em todo o mundo é o ideal para os estudantes que se queiram dedicar à obtenção de um curso secundário exigente e com credibilidade à escala mundial. O seu carácter bilingue e a sua estrutura facilitam o futuro percurso universitário e o acesso à carreira profissional.

- Ou o OCC, para alunos dos 16 aos 19 anos de idade, implementado em 2012.

Existem mais de um milhão de estudantes IB e 3,665 escolas autorizadas em 146 países, número que continua a aumentar.

Escolas superiores como Cambridge, Harvard, Heidelberg, McGill, Oxford, Princeton, Sorbonne, UBC, Yale, consideram, depois de vários anos de experiência, o Diploma IB como o “melhor curso secundário do mundo”.

Em Portugal, o curso do IB permite o acesso a todas as universidades, dado que é “equivalente à conclusão do ensino secundário do sistema educativo português”, de acordo com as Portarias n.º 779/98 e 433/2006 de 19 de Abril.

A missão do IB é estimular a curiosidade e investigação, com o intuito de educar jovens curiosos, bem informados e solidários, criar um mundo melhor e mais pacífico por via do respeito e compreensão intercultural, trabalhar com as escolas, governos e organizações internacionais para desenvolver programas incentivadores de educação internacional com uma avaliação rigorosa. São transmitidos conteúdos internacionais existindo diversidade e flexibilidade nos métodos de ensino. Os professores, inovadores, têm desempenhado um papel importante no desenvolvimento do programa que pretende facilitar a mobilidade geográfica e cultural promovendo a compreensão internacional.

O IB visa permitir a aquisição duma cultura geral alargada que proporcione aos alunos uma sólida matriz de ferramentas intelectuais de que irão ter necessidade na sua futura carreira universitária, desenvolver nos alunos um elevado grau de autonomia na aquisição dos conhecimentos e na capacidade de análise e reflexão crítica e sensibilizar os alunos para culturas e sensibilidades diferentes da sua, tendo consciência da sua identidade e consciência cultural, a fim de que se tornem adultos abertos e esclarecidos, tolerantes e desejosos de comunicar uns com os outros os seus saberes, vivências e experiências. Incluiu uma componente de serviço comunitário que exige ação e reflexão, desenvolvendo-se nos alunos a vertente de solidariedade e o espírito de partilha.

Pretende-se que de acordo com o perfil dos alunos IB estes sejam curiosos, pensadores, comunicadores, audazes, bem informados, íntegros, solidários, tolerantes, equilibrados e reflexivos.

Mais informações podem ser consultadas na página oficial da IBO

Primary years Programme   Curriculo –Subpage

O PYP foca-se no desenvolvimento integral da criança como investigador, na sala de aula e no mundo que a rodeia. É uma estrutura orientada por 6 temas transdisciplinares de importância global explorados usando conhecimentos e competências derivadas de seis áreas temáticas, bem como as competências transdisciplinares, com grande ênfase na investigação.

As 6 disciplinas identificadas são:

 

  • Línguas
  • Matemática
  • Ciências
  • Estudos Sociais
  • Artes

Educação Pessoal, Social e Física

Fonte: © International Baccalaureate Organization

Estas 6 disciplinas estão organizadas em 6 temas transdisciplinares:

  • Quem somos
  • Onde estamos no espaço e no tempo
  • Como nos expressamos
  • Como funciona o mundo
  • Como nos organizamos
  • Partilhar o planeta

Os professores colaboram na elaboração de unidades de inquérito para cada um dos temas transdisciplinares. Através deste processo, os alunos adquirem um entendimento de conceitos importantes, desenvolvem competências e conhecimentos fundamentais, aprofundam determinados comportamentos e aprendem a tomar decisões socialmente responsáveis.

 

 

O currículo do PYP assegura o estudo de cinco elementos essenciais:

Fonte: © International Baccalaureate Organization

  1. CONCEITOS – questões que servem de fio condutor aos inquéritos e garantem que cada tema é explorado:
  2. ABORDAGENS À APRENDIZAGEM – Competências que são ensinadas em todas as disciplinas:
  3. ATITUDES
  • Forma: Como se apresenta?
  • Função: Como funciona?
  • Causalidade: Porque é da forma que é?
  • Transformação: Como se vai alterando?
  • Conexão: Como se relaciona com outras coisas?
  • Perspectiva: Quais são os pontos de vista?
  • Reflexão: Como podemos conhecer?
  • Reflexão
  • Comunicação
  • Social
  • Investigação
  • Auto-gestão

 Estima
Empenho
Confiança
Cooperação
Criatividade
Empatia
Entusiasmo
Independência
Tolerância

Respeito

Integridade

  1. AÇÃO

Os estudantes são encorajados a agir e a prestar serviço à comunidade como resultado das suas aprendizagens.

  1. CONHECIMENTO

Desenvolve-se através dos 6 temas transdisciplinares.

Middle Years Programme    Curriculo –Subpage

O MYP consiste numa estrutura de aprendizagem que incentiva os alunos a tornarem-se pensadores criativos, críticos e reflexivos. É enfatizado o desafio intelectual e os alunos são incentivados a estabelecer conexões entre os conteúdos lecionados em sala de aula e o mundo real.

Promove-se o desenvolvimento das competências de comunicação, compreensão intercultural e global, qualidades que são essenciais para a vida no século XXI.

O Programa tem por base o conhecimento, as competências e atitudes desenvolvidas no PYP.

O currículo consiste em 8 grupos de disciplinas integradas através de 5 áreas interativas que fornecem contextos globais para a aprendizagem.

Os alunos irão estudar:

  • Línguas (A e B)
  • Humanidades
  • Ciências
  • Matemática
  • Artes
  • Educação Física
  • Tecnologias

Fonte: © International Baccalaureate Organization 2002, 2007

As áreas interativas são:

Approaches to Learning (ATL): é uma disciplina em que os estudantes “aprendem como aprender”, a desenvolver bons hábitos de estudo e a ter um pensamento crítico. Os alunos aprendem e descobrem o seu melhor estilo pessoal de aprendizagem. Fornece aos estudantes as ferramentas para serem confiantes para prosseguirem os seus estudos.

Health and Social Education (HSE): HSE foca-se no respeito pelo corpo e mente e ajuda os alunos a fazer escolhas responsáveis para as suas próprias vidas.

Community and Service (CS): ajuda os alunos a desenvolver o sentido de pertença e responsabilidade na comunidade em que estão inseridos.

Human Ingenuity (HI): Os estudantes são encorajados, por exemplo, através de formas criativas a transformar e melhorar as suas vidas.

Environments: É  desenvolvido o sentido de responsabilidade de cuidar do mundo para as futuras gerações, através de um desenvolvimento sustentável.

No último ano os alunos realizam um projeto pessoal independente para demonstrar o desenvolvimento das suas competências e compreensão.

Nota:

O MYP atualmente está num processo de mudança. No entanto, estas informações baseiam-se no currículo em vigor atualmente.